Marco Pigossi adota visual anos 70 para estrelar novela "Boogie Oogie"

O ator Marco Pigossi passou por uma transformação no visual para entrar na nova novela das seis, "Boogie Oogie", que substituirá "Meu Pedacinho de Chão". A trama vai se passar na década de 1970, e o artista vai dar a vida ao personagem Rafael, e para isso, todo o look e figurino do galã foram trabalhados pela a equipe da história.
Na novela "Sangue Bom", o bonitão interpretou o boa praça Bento. Com os cabelos grandes e quase sem barba, Marco fez sucesso. Agora, o ator diminuiu os fios e está com aquela barbinha por fazer. Quem também mudou o visual foi a atriz Bianca Bin, que ficou loiríssima.
Um pouco sobre o início de "Boogie Oogie"
Em "Boogie Oogie", Rafael vai sofrer um acidente horroroso e deixará boa parte dos personagens preocupados. No acidente, ele vai ficar preso nas ferragens quando Alex (Fernando Belo) aparece para salvá-lo. Durante o resgate, Alex morre e deixa a noiva, Sandra (Isis Valverde), no altar aos prantos.

Fonte: Purebreak.

Voando alto! Pigossi será aprendiz de piloto

Em Boogie Oogie, a nova novela das seis, Marco Pigossi será Rafael, um jovem piloto que sonha em ingressar na aviação comercial. Na trama de Rui Vilhena que se passa em 1978, Rafael, que perdeu os pais no incêndio do edifício Joelma, em São Paulo, mora com os tios Mário (Guilherme Fontes) e Cristina (Fabíula Nascimento).
Romântico e idealista, ele é o herói imperfeito. As suas intenções são as melhores, porém as suas escolhas nem sempre são as mais corretas, porque o que o move... é o amor!
No início da trama, Rafael namora Vitória (Bianca Bin), mas um encontro inesperado com Sandra(Isis Valverde) vai mudar sua vida radicalmente.
Boogie Oogie é uma novela escrita por Rui Vilhena, com direção geral de Ricardo Waddington e Gustavo Fernandes e direção de núcleo de Ricardo Waddington. A estreia está prevista para agosto.
Fonte: Gshow.

Marco Pigossi e Isis Valverde: par romântico em novela das 18h


Foi batido o martelo: Marco Pigossi formará com Isis Valverde o casal protagonista da próxima novela das 18h, "Boogie oogie", de Rui Vilhena. Eles serão Rafael e Sandra na história, que se passará nos anos 1970.
Bianca Bin, a vilã da trama, será a terceira ponta de um triângulo amoroso que se desenvolverá ao longo dos capítulos. A história de Vitória, sua personagem, se cruzará com a de Sandra. As duas foram trocadas, ainda bebês, e criadas uma pela família da outra.
O elenco já se reuniu para o workshop da novela e deve começar a gravar as primeiras cenas no fim deste mês.

"Cultura como independência de pensamento" - por Marco Pigossi.

O titulo é chato, eu sei. Soa mais ou menos como aquela matéria optativa de faculdade que você provavelmente jamais escolheria, ou como aqueles cursos de auto ajuda feito pelos conhecidos “tudólogos” (pessoas que sabem de tudo um pouco, e nada sobre tudo). Mas juro que não é meu objetivo e se você tiver um pouco de paciência talvez consiga te abrir os olhos para uma questão interessante.
Há algum tempo atrás, em uma das minhas várias pontes aéreas, li na revista 29horas uma matéria sobre Danilo Santos de Miranda, diretor regional do SESC SP. Não vou ficar aqui tecendo elogios sobre ele, nem falar sobre suas incríveis conquistas na área da cultura, vale apenas lembrar que, ninguém menos que Fernanda Montenegro, enviou a Dilma um abaixo assinado pedindo que o colocasse como Ministro da Cultura.
Mas voltando ao assunto, Danilo a frente do SESC há 30 anos, disse uma coisa que me intrigou. E agora estou aqui dividindo com vocês. “A educação entendida somente como transmissão de habilidade, no sentido de aprender a fazer, não necessariamente dá autonomia ao indivíduo. Isso só acontece se, com a educação, vierem os princípios de valores individuais, de elementos que tornam a pessoa capaz de reconhecer o mundo a sua volta, de respeitar o outro e ter confiança em si mesma”. Ou seja, a literatura, o teatro, as artes em geral que trazem esses valores.
Convido vocês a refletirem sobre essa questão. Se é a cultura que nos torna independentes, com discernimento para agir, pensar, analisar, sentir, entre outros, então por que não damos a ela o valor necessário? Preguiça? Medo de sofrer? Medo de pensar? Duvido…
Estamos em ano de Copa do mundo no país, e em função disso, o teatro coitado… O que já se engatinhava agora parou, parou para ver a seleção brasileira passar. E eu paro também, espero a euforia passar, para aí então, tentar reviver a minha independência de pensamento: O teatro.

* ”Volte-se para si mesmo. Investigue o motivo que o impele a atuar; comprove se ele estende as raízes até o ponto mais profundo do seu coração, confesse a si mesmo se morreria caso fosse proibido de atuar. Sobre tudo isto: pergunte a si mesmo na hora mais silenciosa da madrugada: preciso atuar? Desenterre a resposta mais profunda. E, se ela for afirmativa então construa sua vida de acordo com tal necessidade.” Faço dessas palavras as minhas… sou apenas mais um apaixonado pelo teatro!


Marco Pigossi participa do lançamento do novo celular da Samsung


Marco Pigossi reapareceu com o visual novo. De barba e bigode, o ator fez caras e bocas para tirar seflies com o celular. O galã está escalado para o remake de "O Rebu", novela das 23h.



Fonte: Purepeople.

Sophie Charlotte e Marco Pigossi farão par romântico pela terceira vez em 'O rebu'

 
A química entre Sophie Charlotte e Marco Pigossi é tanta que a Globo vai investir de novo numa parceria entre os dois. Eles serão um casal no remake de “O rebu”, que tem estreia prevista para o dia 14 de julho. Essa é a terceira vez que os dois fazem par romântico. Já trocaram bitocas em “Fina estampa” e “Sangue bom”, além de terem trabalhado juntos em “Caras & bocas” e “Ti ti ti”.
 
Na novela, que vai ao ar no horário das 11, Sophie será Duda, filha da governanta de Angela (Patrícia Pillar), que morre num acidente de helicóptero e acaba sendo criada pela patroa da mãe. Na história original, nem Duda, nem Angela existiam. Nessa releitura, Angela é versão do milionário Conrad (Ziembinski), o anfitrião de uma festa onde acontece o assassinato que move toda a história. Duda também ganha o lugar de Cauê (Buza Ferraz), o jovem por quem a ricaça tinha uma afeição especial na trama original, uma espécie de “filho adotivo”.
 
Já Pigossi será Bruno, um especialista em conquistar mulheres ricas, poderosas e carentes. Ele acaba indo trabalhar na Mahler Engenharia, empresa da ricaça, e se aproxima de Duda. O grande problema é que Angela não vai gostar do relacionamento dos dois, e vai encorajar um romance secreto entre ele e a advogada de sua empresa. Até Pigossi morrer assassinado na festa em sua casa e ela se transformar em suspeita.

Fonte: Extra.

Antes de voltar à TV, Marco Pigossi faz 'road trip' com o pai


Marco Pigossi, que voltará à TV em “O rebu” ao lado de Sophie Charlotte,  embarcou em mais uma viagem sobre duas rodas com o pai, Oswaldo. Desta vez, a dupla saiu de São Paulo rumo a Ushuaia, extremo Sul da Argentina.
- Nunca fomos para tão longe de moto juntos - contou Pigossi. -  A emoção de cruzar o portal de entrada escrito "Ushuaia, você chegou ao fim do mundo" com a sua moto é indescritível, só quem faz sabe!
Pigossi e seu pai dirigem uma média de 700 quilômetros  por dia, e iam parando em algumas cidades ao longo do trajeto. Uma delas foi Colônia Del Sacramento, no Uruguai.
- É uma graça, lembra um pouco Paraty. O curioso dessa cidade é que alguns carros antigos foram abandonados nas ruas e acabaram nascendo plantas e flores dentro deles. É um costume local, existem vários deles. Muito interessante.